segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Morre pessoa que estava no teto de ônibus!

Ontem no Aterro, Rio de Janeiro, morreu uma pessoa que viajava no teto do ônibus após sair de um show na praia de Copacabana. O pasageiro bateu em uma passarela ao longo do trajeto. A notícia pode ser lida em http://oglobo.globo.com/rio/mat/2008/02/18/lutador_de_jiu-jitsu_morre_quando_viajava_no_teto_do_onibus_no_aterro-425701682.asp.

Empresas e poder público devem ser chamados a prestar esclarecimentos. A primeira porque atua com extrema negligência junto aos passageiros, não se julgando responsável por eles. A conduta correta é orientar o seu motorista a procurar auxílio policial sempre que algum passageiro acessar o teto do ônibus. O Poder Público, por sua vez, deve exercer seu papel fiscalizador e prever polliciamento adequado ao longo dos principais percursos após grandes eventos. O tipo de atitude deste passageiro e comum e previsível e deve ser coibida, pois coloca em risco além da própria integridade física, a segurança de todos!

2 comentários:

Anônimo disse...

qUER DIZER QUE UM DÉBIL MENTAL SOBE NO TETO DO ÔNIBUS E A EMPRESA É RESPONSABILIZADA??? é BRINCADEIRA...

Vilmar Miranda disse...

Quando uma empresa recebe uma concessão pública, como a exploração de linhas de ônibus, ela deve esperar que débeis mentais também utilizem o serviço. O que ela não pode é deixar de agir e culpar quem morreu. Um destes débeis mentais também pode colocar em risco a integridade dos demais passageiros e usuários da via e a empresa continua sendo responsável por isso. Quer queiramos ou não! Quer concordemos ou não!

Intense Debate Comments

Este blog tem atualmente:

Widget by SemNome